Sobre mim

Este sou eu… ou melhor, “ele”.

  O Miguel auto-caracteriza ser bastante polivalente, dadas as diferentes experiências vividas pelas diversas áreas profissionais e algumas atividades sócio-culturais, desportivas e entidades públicas, nas quais se dedicou com brio, afinco, honestidade e bom agrado.

  Ainda muito jovem, deu início à sua vida laboral para fazer face às suas necessidades e para dar o seu contributo em família, mas também para saber e conseguir ter algum poder económico pessoal (pouco) dado seu entendimento claro, em idade tão tenra, do que é viver em sociedade, a também ele poder contribuir com a comunidade/país em que se insere, olhando ao ideal intrínseco de também querer assegurar o seu futuro.

  Actualmente, continua a enfrentar um dos bravos velhos, tão difíceis, desafios desta vida… A Sobrevivência.

  Muito provavelmente, saberá que o mesmo acontece a muitos outros seres semelhantes a “ele”, dos que estão em circunstâncias iguais às dele, ou até mesmo piores,… Sim, bem que poderá “ele” considerar este facto como sendo ainda uma realidade, dada a conjuntura económica ainda débil em que o seu país mergulhou (crise económica) em meados do início deste século (talvez como tantos outros países deste nosso planeta estejam em igual ou pior circunstancias) e da qual, seu país tem vindo a conseguir-se resgatar arduamente, a uma velocidade caracol mas com sucesso.

  Por certo saberão que esta mesma conjuntura influencia, inevitavelmente, a sua frágil e muito débil recuperação económica a nível pessoal. Mesmo assim, o Miguel é determinado e resistente às batalhas que enfrenta, não deixando cair por terra aquilo as responsabilidades com que se comprometeu, procurando resoluções capazes das que ainda possam estar ao seu alcance.

  Este facto fá-lo enfrentar, diariamente, a árdua tarefa, do difícil que é viver com alguma dignidade, ainda por mais, com o fator acrescido da sua situação laboral em estar desemprego já a algum tempo, há muito tempo, se não, há demasiado tempo face à sua maneira de ser e estar neste mundo.

  Isto pode-se traduzir numa enorme quebra financeira anual (para não dizer, mensal) e uma dificuldade abismal em conseguir produzir uma estratégia para o planeamento do seu orçamento pessoal e familiar, a não lembrar de tremenda limitação semanal, ou mesmo diária e, se for bem avaliada a situação familiar dele, pode-se dizer já algum tempo que, é já uma falência técnica financeira de longa data, que o leva ao enorme desafio de ter que ponderar e preponderar, ao pormenor, todas a decisões a tomar que, de um momento para outro, a cada dado acontecimento na sua vida, volta-se para o desafio de reestruturar algumas das decisões que já estavam tomadas ser feitas, planeando novas medidas de ajuste para poder fazer funcionar uma nova conjuntura de estado/situação financeira pessoal e familiar.

  É de facto um exercício algo difícil de se fazer, pelo extremo facto de conseguir ter de gerir muito bem o seu momentâneo, pela constante instabilidade que tem sido ultimamente a vida… É como quem está a olhar um ténue elástico delgado, completamente esticado, na iminência de atingir o ponto máximo para a rotura e,… de repente,… vê-lo rebentar.

  Porém e pela pessoa não conformada que “ele” é, presta-se a estar disponivel e a sentir-se útil a algo ou a alguém, sempre que detecta incapacidades, ou desafios maiores e/ou dificuldades no próximo, ou mesmo na sociedade, o que faz dele ser uma pessoa activa, responsável, exemplar, preocupada e atenta com aquilo o que o rodeia.

  Pessoalmente, nunca aceitou, nem aceitará alguma vez, o facto de ver a sua própria vida num estado de “life freezing”. É por isso que está constantemente à procura de estar sempre activo, por meios de uma constante auto-aprendizagem e dar o seu contributo ao próximo pela sua prestação e transmissão do conhecimento, num simultâneo de saber ouvir e aprender também com as pessoas que o rodeiam e com quem ele lida, aceitando alegre e naturalmente a constante evolução do ser humano, do mundo, da vida.

  Perante este seu ideal pessoal, a sua posição e postura face a vida, reflete-se em ser alguém com elevada autonomia, mas também curioso e com vontade de querer saber mais. O “estar a par” do que é actual, é algo totalmente indispensável ao seu ponto de vista pessoal e profissional, o que lhe cria alento e auto-motivação na sua vivência diária.

  Sempre que possível, procura explorar caminhos que estejam ao seu alcance e percorre-os saindo da sua zona de conforto para que lhe mostrem onde aprender mais e como fazer melhor. Desta forma vai valorizando cada vez mais o seu caráter, o seu perfil, o seu curriculum e a sua maneira de ser, estar e respeitar a vida e os outros.

  Na maioria das vezes ele utiliza, planeia e reajusta os seus próprios métodos de auto-estudo, numa ambição de conseguir adquirir mais capacidades e mais sabedoria para poder dar uma resposta de ajuda, seja esta de forma isolada, conjunta, potencialmente colaborada, ou mesmo de forma voluntária, o que o caracteriza de ser este alguém disponível para ajudar a concretizar objetivos de uma, ou outra causa que mais o inquiete.

  Este é o Miguel… e dele, ainda há mais…

  Estejam atentos… sem premeditar julgamentos, ou fazer qualquer tipo de juízo de valor.

Alerta do espoliador:
Esta ligeira biografia foi escrita por ele próprio,… inclusive, este alerta.

— xx —

Anúncios

Veio

… trilha posições com ética sem nunca desistir daqueles que sempre recusam olhar o brilho de uma lâmina que há muito tempo …

Ler mais

Contacto

Esta é a minha página de contacto com alguma da minha informação basica, onde disponibilizo um formulário…

Ler mais

Formação

Fiz questão de expor conteúdo neste espaço, ao nível da formação, para dar a conhecer os meus conhecimentos, numa abertura a interesses pela prestação de serviços aos quais estou habilitado dar resposta. Ensino Oficial Formação Certificada Conhecimentos por Autoestudo

Ler mais

Experiência

… trilha posições com ética sem nunca desistir daqueles que sempre recusam olhar o brilho de uma lâmina que há muito tempo …

Ler mais